Thursday, June 19, 2008

Idiossincrasias

Meu blog também é cultura. Idiossincrasia quer dizer: característica comportamental própria de um indivíduo ou grupo de indivíduos responsável pela interpretação de uma situação de acordo com sua cultura e formação.
Idiossincrasia vem do
Grego ιδιοσυγκρασία, "um temperamento peculiar" "hábito corporal" (idios "próprio de si" e sun-krasis "mistura"). É definido como uma característica de comportamento ou estrutural peculiar a um indivíduo ou grupo.
A última vez que usei esta palavra, recentemente, foi para falar do meu amigo Gilberto. Ele tem armários cheios de coleções de gibis e é louco pela série Lost. Eu também gostei muito dos capítulos que vi, mas, ficava tão ansiosa e eles eram exibidos tão tarde, me deixando sempre muito acordada, que eu desisti de assistir. Gilberto não. Viu todas as temporadas. Fica torcendo para o começo de uma nova. Pois bem, eu também tenho os meus vícios, idiossincrasias ou sei lá do que estejamos falando.

Comecei a assistir a série House, da Universal Chanel por acaso. Não lembro o dia, nem por que. Agora, não quero fazer nada naquele horário. Vejo as reprises. Das 13h às 14h. Horariozinho complicado, bem o sei, mas, eu tenho esta disponibilidade. Viva o trabalho autônomo. E eu nem sei por que gosto tanto. Ele é um crânio e isso me fascina, mas, é também agressivo, grosso mesmo. Mas, o texto! O roteiro! Tão inteligente quanto seu protagonista. Tem frases que dá vontade de copiar e sair usando por aí. Em alguns episódios, sou obrigada a nem olhar, pois, sempre fui muito sensível a esta história de sair picoteando o corpo humano, mas, não é isso que me atrai. Ali tem uma estrutura dramática pensada, arquitetada para ficar interessante.

Trata-se de uma série, mas, a cada capítulo há uma história com começo, meio e fim, o que é sempre reconfortante para quem assiste. Além disso, as únicas coisas que se repetem são os atores, os personagens e o local. A história é sempre cheia de novos elementos, desafios, estratégias.

O House é o cara, mas, quem está a sua volta não deixa por menos. Se não executassem bem o seu papel não seria tão convincente. Ah, meu sobrinho veterinário discorda deste aspecto. Já comentou comigo que está cheio de baboseiras médicas (ele não usou este termo), mas, quem se importa? Eles poderiam estar receitando remédio de coelho para uma paciente loura, House daria um jeito para que não prestássemos atenção a isso e ficássemos tentando seguir sua entruncada linha de racicínio.

Bem, mas, o que quero dizer é que espero que vocês assistam e decidam se vale ou não a pena. Hoje, está terminando uma temporada. Mas, a nova deve começar em seguida às quintas-feiras, 23h. Enquanto isso, quem tiver tempo, faça como eu, almoce vendo a atividade hospitar de House. (Agora entendo porque idiossincrasia está ligada a área psiquiátrica!)
video

1 comment:

  1. House é tudo de bom!
    Tenho toda a primeira temporada, quer?

    ReplyDelete